terça-feira, 26 de julho de 2011

Caterpillar lança fábrica em Minas | Ferreoclipping

Caterpillar lança fábrica em Minas | Ferreoclipping

As ferrovias vem sobrevivendo as crises econõmicas devido sua maior eficiência e o impacto do custo do petróleo sobre as rodovias, as duas maiores operadoras do país vale e MRS devem fazer encomendas de máquinas novas de alta potência em breve para aumentar suas capacidades e substituir velhas máquinas de média e pequena potência.
Isso vai gerar uma "sobra" no mercado nacional de máquinas de até 2300Hp.

Coincidencia ou não, a FCA(subsidiária da Vale) fez recentemente um leilão de locomotivas inservíveis, um lote de cerca de 70 máquinas principalmente GM-EMD G-12/G-8, GE U20C e ALCO MX620.
Ou seja não faltam plataformas base para a fabricação de máquinas entre 700 e 2100Hp, de peso leve.
A disponibilização desses chassis já barateia imensamente a fabricação de uma máquina nova pois a parte de calderaria pesada não precisa ser feita.
Ao mesmo tempo que a ANTT abre a ferrovia para operadores independentes, a Valec constroi novas ferrovias como a norte sul, a transnordestina avança.
Máquinas de média potência para uso universal serão necessárias em todos esses serviços.
Inspiração para fabricar essas locomotivas no Brasil não falta, basta olhar as locomotivas de manobra de cabine central da GE, que usa grupos de geradores diesel-elétricos e a UMM21c da ALL, com três grupos e usando motores scania inicialmente desenvolvidos para uso rodoviário.