sábado, 10 de outubro de 2009

Meu bem, meu mal.



na primeira e segunda foto, essas mulheres foram atingidas por bombas de gás lacrimog~enio da PM (homens do choque e do 5º BPM). e aí/ o governador serginho malandro, digo sergio cabral também vai chamar de terrorista a senhora com criança no colo e dizer que ela estava vandalizando a ferrovia?

Começo a partir desse ponto a segunda postagem deste blog.

A polícia principalmente a PM vive sendo julgada por suas açõe pela sociedade, esta semana a mesma PM deu dois exemplos radicalmente diferentes de como se deve ou não agir em rebeliões populares.
Quarta em nilópolis a população furiosa se rebelou dentro da estação ferroviária, logo homens do 20º BPM (mesquita) entraram em ação, sem conseguir conter a multidãoe sem poder pedir reforços para oos outros batalhões da baixada (15º e 24º) com outras manifestaçãoes em praticamente todas as estações do ramal de japerí o Batalhão de choque foi chamado.
A Estação de nilópolis ocupada, o tumulto foi então controlado, sem violência excessiva pela polícia palmas para a PM!
A população se maifestou, fez valer seus direitos, e aí... o governador serginho malandro em nome dos interesses da transportadora de gado supervia resolveu chamar os trabalhadores envolvidos na confusão de vagabundos, vândalos e etc...
segundo ato, quinta a noite na central do brasil, nova revolta popular, a PM é chamada e...
A PM entra em ação fazendo o papel vergonhoso de leão de chácara da supervia acontece o ilustrado acima. Gás lacrimogênio, disparos com munição real e um tumulto que se alastrou para dentro das estações do metrõ e pela presidente Vargas...

A situação acima só mostra uma verdade incomôda, a polícia só é ineficiente quando os políticos se envolvem.