terça-feira, 28 de abril de 2015

Para cobrar supervia em 2020




Algumas curiosidades dos Aditivos recentes

- A ligação São Bento - Ambaí e Costa Barros - Japeri já fazem parte da concessão, se caso forem transferidas ao GERJ.

- "Caberá ao Estado a obrigação de entregar a concessionária a faixa operacional livre, segregada e desempedida, bem como a licença ambiental para permitir a implantação da linha do Trecho Santa Cruz - Itaguaí conforme previsto no Anexo I"

- Nas estações São Cristóvão e Méier serão construídos novos mezaninos de acesso. Todavia, a reconstrução de São Cristóvão é responsabilidade da SuperVia e deverá ser feita até 2020.

- Manutenção das calçadas ao longo de 25 metros ao redor das estações é de responsabilidade da SuperVia.

- As estações são classificadas como "Estações Especiais", "Estações Médias" e "Estações Pequenas".

- Há diretrizes para a construção de estações de grande porte, que incluem desde alargar calçadas até "Prover a estação de dispositivos eficientes de defesa contra invasões" passando por introduzir escadas rolantes. Além de cobertura em toda a plataforma e relógios de grande porte.

- Para as estações de médio e pequeno porte, as diretrizes de intervenção orientam também cobertura em toda a plataforma, formas de coibir o comércio ilegal, informações de circulação em telas de plasma e outros. As diretrizes também orientam de forma geral sobre diminuir a poluição visual, e padronizar os equipamentos (grades, escadas, bancos e etc).

- Os projetos de via permanente e infra-estrutura, são os já conhecidos (troca de dormentes, rede aérea e etc), com destaque para "Modernização do sistema eletro eletrônica da série 8000".

- Agora, uma coisa extremamente interessante, com muito destaque, é sobre a reforma de 73 trens. No aditivo consta exatamente como: "A reforma do interior dos trens está baseada em projeto moderno de padrão similar aos trens da Rotem, onde contempla o fornecimento de todos os componentes desse sistema para todos os carros e cabine, além de sua instalação por empresa especializada".

- O projeto de duplicação do trecho Gramacho <> Saracuruna é dividido em duas etapas: "Primeira Etapa: Melhoria das condições de via permanente através de intervenções na infra e superestrutura e Implantação de sinalização automática. Segunda etapa: Duplicação de via permanente e eletrificação da via 2.", também diz que será inaugurado em etapas, sendo o primeiro trecho Gramacho <> Campos Elíseos.

- É especificado também os investimentos no Ramal Vila Inhomirim. Sem nenhuma novidade, a não ser "Obras-de-Arte Especiais".

- A criação do Ramal Itaguaí irá custar R$ 47,7 mi, com aquisição de material rodante (R$ 18mi).

- As intervenções no Ramal Guapimirim prevêem a instalação de bilheteria e supervisão, além de muros na área da estação.
__________________