sexta-feira, 18 de novembro de 2011

MRS conclui obras de novo túnel na Ferrovia do Aço




09/11/2011

A MRS concluiu, no município de Jeceaba (MG), mais uma obra estratégica

dentro dos planos de expansão de sua capacidade de transporte. O túnel T 70
B, o primeiro construído pela Empresa
, é uma duplicação do já existente túnel 70. Com extensão de 865 metros, permitirá a eliminação do gargalo
operacional neste trecho onde ocorre a confluência de trens que seguem para o carregamento nos Terminais do Andaime, Pires e Itacolomi e de composições carregadas oriundas de Alberto Flores, Sarzedo, Sarzedo Novo, Olhos D'Água, Casa de Pedra, Barreiro e Joaquim Murtinho.

"Naquele trecho da Ferrovia do Aço há fluxo de trens nos dois sentidos,

especialmente de composições carregadas de minério exportação e carga geral
oriundas de Belo Horizonte", afirma Alessandro Nasser, Gerente Geral de
Infraestrutura. Ele explica que o túnel T70 faz parte de um projeto mais
amplo, a Alça Dupla do P1-07, que contempla também a construção de uma ponte
ferroviária próximo à estação de Jeceaba, 3,1 quilômetros de linhas até o P1
-07, com sete AMVs, até dezembro de 2011, e a instalação do sistema de
sinalização eletrônica, a cargo do Projeto CBTC, no primeiro trimestre de
2012. Além do túnel, já foi concluída a retirada de interferências do trecho
tais como postes, cabos de sinalização, de energia elétrica e de fibras
ópticas.

Diretor Comercial da MRS, Sérgio Garcia, avalia a importância deste projeto

para a Companhia. "Desde o fim da última crise, crescemos quase 20% e há
muitos projetos de mineração à beira da nossa linha, assim como a nossa
ambição de crescer no segmento de carga geral. Este investimento é parte
importante de nosso plano de crescimento e remove um gargalo que poderia ser
limitante para nossa capacidade de atendimento futura."

Previsto no Plano Diretor da Empresa, o T70 teve custo da ordem de R$ 30

milhões, e foi construído pela J. Dantas, empreiteira de Belo Horizonte, com
o gerenciamento e fiscalização da Concremat, a partir do projeto elaborado
pela Vetec e coordenado pela Gerência de Infraestrutura.

http://www.mrs.com.br/interna.php?nomPagina=noticias/files/detalhes.php?cod_noticia=2203&%20IdSecao=8


É uma notícia importante, normalmente as operadoras não tem feito grandes investimentos em via permanente, a excessão da MRS que já duplicou cerca de 100Km d linha no RJ e agora acredito ter feito algo que nenhuma das ferrovia privatizada fez, um túnel. É um sinal de que haverá longos e prósperos anos pela frente.

Note-se que aos poucos a necessidade de duplicação da ferrovia do aço, conforme seu projeto original vai aparecendo.